Quantcast
Channel: Farpas Blogue
Browsing All 34186 Browse Latest View Live
Mark channel Not-Safe-For-Work? cancel confirm NSFW Votes: (0 votes)
Are you the publisher? Claim or contact us about this channel.
0

Advogados do "Farpas" em Badajoz na apresentação da Feira de Huelva

0
0


Na foto de cima, membros da sociedade de advogados que defende o "Farpas" e também muitas figuras da nossa tauromaquia (e que nunca perde processos!), fotografados há momentos no Hotel Rio, em Badajoz, com os empresários da praça de toiros espanhola de Huelva, Óscar Polo e Carlos Pereda, durante a apresentação da próxima Feira das Colombinas, que decorre entre 1 e 4 de Agosto.
A sociedade N.C.O.P. (Nunes, Camacho, Onofre e Pimenta) foi convidada da empresa para estar presente na apresentação dos cartéis, que neste momento ainda decorre em Badajoz. Os empresários de Huelva estarão no próximo dia 18 em Portugal para também aqui apresentaram, em local a designar oportunamente, a Feira Taurina de 2014.
Os cartéis (cartaz ao lado) incluem as maiores figuras do toureio da actualidade.

Foto D.R.

Florindo Piteira de luto

0
0

É um amigo, é um companheiro "de luta" e é, apenas e só, um dos melhores fotógrafos taurinos da nova vaga. Florindo Piteira vive neste momento a dor da morte de seu Pai, que não resistiu a um acidente vascular cerebral sofrido no final da semana passada. O corpo está em câmara ardente na Igreja de Nossa Senhora de Machede (Évora) e as cerimónias fúnebres terão lugar amanhã, quarta-feira, pelas 15 horas. Daqui lhe enviamos um forte e amigo abraço. Ao Florindo e a toda a Família enlutada, apresentamos as mais sentidas condolências.

Foto D.R.

Paulo J. Santos na Feira de Cuellar com Bohórquez e Hermoso

0
0

Ao contrário do que muitas vezes por cá sucede nos dias de hoje, onde as trocas & baldrocas"comandam a vida", por terras de Espanha um triunfo ainda tem o seu devido valor: por ter sido triunfador do ciclo no ano anterior, o valoroso cavaleiro Paulo Jorge Santos (foto) vai ser repetido na importante Feira de Cuellar (Segóvia) no próximo dia 1 de Setembro (segunda-feira), actuando na corrida de rejoneio ao lado de Fermín Bohórquez e Pablo Hermoso de Mendoza, com toiros de El Canario. Em Portugal, depois de por artes e artimanhas ter caído do cartel de 16 de Agosto na Arruda dos Vinhos, Paulo Jorge Santos actuará no próximo dia 19 (sábado) ao lado de João Moura e Rui Salvador em Vila Nova da Barquinha, frente a toiros da ganadaria Rio Frio. Não está afastada a hipótese, ao que sabemos, de integrar o cartel de seis cavaleiros em Lisboa a 7 de Agosto, para onde estão anunciados seis imponentes toiros de Canas Vigouroux.

Foto Emílio de Jesus/fotojornalistaemilio@gmail.com

Tarde de chuva em Pamplona: Pablo corta uma orelha

0
0


Pablo Hermoso de Mendoza cortou uma orelha ao seu segundo toiro, depois de ter sido aplaudido no primeiro, na corrida que domingo se realizou em Pamplona (Espanha), nas tradicionais festas de San Fermín.
Lidaram-se toiros de Carmen Lorenzo, San Mateo e San Pelayo e Hermoso alternou com Sérgio Galán (ovação e uma orelha) e o seu antigo pupilo Roberto Armendáriz, que foi o triunfador, cortando duas orelhas no primeiro toiro e uma no segundo, saindo em ombros.
Em tarde de muita chuva, a praça registou uma casa cheia.

Fotos Juan Andrés H. Mendoza/Farpas

"Tauroleve" anuncia: os 3 Telles em Coruche a 17 de Agosto

Moura reaparece 6ª feira em Évora: "Já me sinto em condições e pronto para triunfar!"

0
0


"Foi um período difícil, não gosto de estar parado, não é o meu hábito, mas tive que recuperar, pois não me sentia bem. Agora já me sinto em condições e pronto para voltar a triunfar" - palavras do Maestro João Moura, esta manhã, em entrevista à agência Lusa, quando faltam quatro dias para o seu regresso às arenas, na próxima sexta-feira em Évora (cartaz ao lado), depois do acidente que sofreu a 22 de Maio na sua quinta e que lhe provocou um traumatismo crânio-encefálico. "Já me sinto bem e estou completamente restabelecido", ressalva o cavaleiro.
João Moura, de 54 anos, recorda na entrevista que ao longo da sua carreira já sofreu "várias vezes" quedas a cavalo, mas disse que não se lembra como foi a queda que ocorreu a 22 de Maio na sua quinta em Monforte.
Depois de ter estado internado em Lisboa no Hospital de Egas Moniz e do período de recuperação de quase dois meses, Moura regressa às arenas na próxima sexta-feira em Évora numa corrida de homenagem à memória de Mestre João Branco Núncio, em que vai alternar com António Ribeiro Telles, Francisco Núncio, Manuel Lupi, Francisco Núncio (filho) e António Núncio. As pegas vão estar a cargo dos forcados de Évora e de Moura e lidam-se toiros de Branco Núncio.
Depois da reaparição, o "maior desafio", refere João Mouraà Lusa, é a corrida de dia 17 no Campo Pequeno, onde vai dar a alternativa a seu filho Miguel Moura, sendo o cartel composto também por Joaquim Bastinhas e seu filho Marcos Bastinhas, com toiros de Maria Guiomar Moura e os forcados de Portalegre, Monforte e Académicos de Elvas.
"Essa é uma das minhas grandes metas e para o meu filho Miguel. Vai ser uma noite importante para as nossas carreiras e esperamos que seja uma noite para não esquecer", refere o Maestro, que deu já a alternativa ao filho mais velho, João Jr. - e pode vir ainda a dá-la ao mais novo, Tomás (na foto de cima).

Foto D.R./@Campo Pequeno

Mara Pimenta, a nova estrela do toureio feminino: "Medo, só de defraudar o público... do toiro, não!"

0
0
A nova estrela do toureio feminino durante a entrevista ao "Farpas"
Mara Pimenta e o apoderado João Pedro Bolota. "Vai tourear entre 20 a 25
corridas este ano"
, adianta o empresário
Com o apoderado João Pedro Bolota e sua filha Clotilde



Tem 18 anos, já deu nas vistas, já toda a aficion a conhece e vem somando êxitos nas praças pode onde passa. Apoderada por João Pedro Bolota, Luis Rouxinol foi o seu primeiro mestre e agora quem a ensina são os Ventura, pai e filho. Mara Pimenta, a nova princezinha do toureio a cavalo, sabe bem o que quer e para onde vai. No próximo dia 3 de Agosto faz a prova para cavaleira praticante em Azambuja. A alternativa há-de vir depois, "assim que me sentir preparada". A estreia foi em 2012 no Coliseu do Redondo. Marcar a diferença e nunca desiludir os que a apoiam são os seus primordiais objectivos. Medo do toiro, nem por isso. Medo, só mesmo de "estar mal". A entrevista foi em Alcochete, em casa do apoderado Bolota, mesmo à beira da piscina. "Não tenho assim muito jeito para estas coisas", começou por dizer-me meio a medo. Mas depois a conversa foi fluindo. Vamos ouvi-la.


Entrevista de

Miguel Alvarenga


- Nasceste onde e de onde te veio essa inspiração para o toureio?

- Nasci em Santarém. Vivo em Almeirim, mas nasci em Santarém. Na minha família nunca houve ninguém ligada à tauromaquia, mas eu sempre gostei desde pequenina, ia às corridas e comecei a montar a cavalo aos dez anos...

- Onde?

- Numa escola de equitação em Santarém, do Pedro Neves. Andei lá uns cinco, seis anos. Depois o meu pai conheceu o Francisco Penedo, apoderado de Luis Rouxinol e as coisas aconteceram naturalmente. Fui para lá aprender. Foi há quatro anos.

- Foi o teu mestre?

- Foi. Comecei com o Luis Rouxinol, mas agora estou com o Diego Ventura. Surgiu esta oportunidade e eu agarrei-a. O Luis agora tem o filho a tourear, tem menos tempo e por isso mudei.

- Onde toureaste pela primeira vez?

- Foi em 2012, estreei-me a 5 de Maio no Coliseu do Redondo.

- E quais foram as sensações nesse dia?

- Quando entrei na arena, dei não sei quantas voltas a aquecer o cavalo... depois, quando o cornetim tocou, só pensava onde estava a porta dos cavalos para me ir embora... estava super nervosa (risos). Mas depois correu bem...

- Tens irmãos?

- Tenho um irmão pequenino.

- Quando é que disseste aos teus pais que querias ser toureira e como é que eles reagiram?

- Desde pequenina que eu lhes dizia que queria ser cavaleira. O meu pai sempre me apoiou, a minha mãe não gostou muito da ideia, mas foi-se habituando...

- E vai às corridas?

- Vai, só não vai às que são mais longe.

- Foi difícil entrar neste mundo?

- Não tive grandes dificuldades, a sério. Não foi muito fácil, mas também não posso dizer que tenha sido muito difícil.

- O exemplo de outras cavaleiras foi um incentivo para ti?

- Foi, claro que foi, mas por um lado não facilita muito, porque já há muitas cavaleiras... mas o importante é tentar marcar a diferença, querer sempre mais.

- Tiveste uma grande actuação na última corrida do Montijo, o que sentiste?

- Uma sensação extraordinária. Foi uma das melhores sensações da minha vida.

- Foi a tua melhor actuação?

- Não. Para mim, a melhor, até agora, foi em Oliveira de Frades. Correu muito, muito bem, foi diferente.

- E agora já vais tirar a prova de praticante...

- Sim, dia 3 de Agosto num festival em Azambuja.

- Continuas a estudar?

- Acabei este ano o 12º ano e agora vou decidir se vou já para a universidade ou se vou parar um ano para me dedicar a sério ao toureio e depois recomeçar os estudos. O meu pai já investiu muito em mim e tenho que saber dar valor a isso. Se fôr neste momento para a universidade, vou acabar por não ter tempo, nem para uma coisa, nem para a outra. Tenho que optar pelo que quero mesmo fazer e o que eu quero muito é mesmo tourear. Mas sei que é essencial tirar um curso, tenho uma boa média e sempre quis entrar em medicina dentária, por isso vou ter que um dia conseguir conciliar as duas coisas. Não sei, vamos ver...

- Quem são as tuas referências no toureio, os teus ídolos?

- A nível mundial é o Ventura e aqui em Portugal, para mim, o melhor é o Rouxinol.

- Estiveste primeiro em casa de Rouxinol, agora estás na de Ventura, como é que lá foste parar?

- Aconteceu porque tinha que acontecer, não sei, foi um mero acaso. Têm sido extraordinários comigo, tanto o pai, como o Diego, tenho aprendido e evoluído imenso com eles, são coisas que nunca vou poder pagar na vida. Têm feito muito por mim. São pessoas fantásticas. Quando o Diego cá está em Pancas vou para lá treinar, quando não está treino com seu pai durante a semana. São pessoas fantásticas.

- O mundo dos toiros é um mundo só para homens?

- Não, claro que não!

- Uma mulher pode triunfar?

- Claro que sim. Eu acho que uma mulher até tem mais facilidade em chegar ao público!

- Até aqui, as coisas têm-te corrido bem. Alguma vez tiveste vontade de desistir?

- Não, nunca. Acho que quando alguma coisa corre mal, aí é que se vê se os toureiros são de verdade ou não, aí é que têm que continuar a lutar e a querer mais.

- Tens medo?

- Isso toda a gente tem. Mas não tenho medo do toiro, tenho é medo de defraudar o público, de falhar, de não estar bem, de alguma coisa não correr como eu quero, tenho medo sobretudo de desiludir as pessoas que mais me apoiam e que acreditam em mim. Disso, sim, tenho medo, muito medo mesmo. É por isso que trabalho imenso todos os dias, levanto-me às sete ou oito da manhã para ir logo montar e por isso procuro não desiludir ninguém, mas tenho sempre esse medo. Do toiro, não...

- Tens um bom apoderado, João Pedro Bolota e uns bons mestres, os Ventura. Isso é meio caminho andado, Mara?

- Com a ajuda deles, tudo se torna mais fácil. As corridas boas que o meu apoderado me tem arranjado são oportunidades que não posso deixar passar em vão. O meu pai também me ajuda muito, os Ventura nem se fala, são pessoas que estão sempre a meu lado e que não me deixam ficar mal, mas o importante é eu corresponder, é estar bem. É tantar fazer o meu melhor naqueles dez minutos em que estou na arena. São apenas dez minutos...

- E os teus amigos, o que dizem de seres toureira?

- Gostam e apoiam, vão sempre ver-me às corridas, tenho amigos extraordinários.

- Depois da prova de praticante, que tipo de casaca vais usar, vais optar por uma mais feminina, como as que usa a Sónia Matias?

- Já mandei fazer uma, não é bem vermelha nem é bordeau, mas é mais ou menos dessas cores. É uma casaca mais cintada, talvez mais feminina, mas dentro do estilo tradicional, como não podia deixar de ser.

- Para quando a alternativa?

- Para já vou fazer a prova de praticante. Depois, quando me sentir preparada, claro que tenciono tomar a alternativa.


Fotos Ana de Alvarenga


Operação de Patusco correu bem

0
0

A operação de Ricardo Patusco, esta manhã no Hospital de Vila Franca, correu bem e o forcado deverá passar ainda hoje para o quarto, depois de ter estado algumas horas no recobro. Encontra-se bem e em recuperação. O valente forcado dos Amadores de Vila Franca sofreu no domingo fractura do perónio e rotura de ligamentos do tornozelo, quando efectuou, à primeira tentativa, a magnífica pega (foto) ao quinto toiro da corrida do Colete Encarnado na praça "Palha Blanco", um exemplar da ganadaria Ribeiro Telles que pesava 670 quilos e fora lidado por João Telles. O toiro, pela sua bravura, regressou ao campo.
Votos de boa recuperação e rápido restabelecimento!

Foto M. Alvarenga

António Ferrera 5ª feira no C. Pequeno: veja-o ao menos uma vez na vida!

Ontem, 3ª feira: 11.045 leram o "Farpas"!

0
0

Visualizações de páginas de hoje
1 785
Visualizações de página de ontem
11 045
Visualizações de páginas no último mês
286 085
Histórico total de visualizações de páginas
8 777 303

6ª feira em Évora: o regresso de Moura em homenagem a Mestre Núncio

O mais completo ROTEIRO de corridas

0
0
ÚNICO! António Ferrera amanhãm 5ª feira, no Campo Pequeno. Veja-o ao menos
uma vez na vida!
REAPARIÇÂO: João Moura a caminho de Évora! 6ª feira, dia 11, em noite de
homenagem à memória de Mestre João Branco Núncio

A fim de aqui os publicarmos ao longo da temporada,

agradecemos às empresas e organizações de espectáculos

que nos enviem antecipadamente os seus cartéis

para o e-mail jornalfarpas@hotmail.com


Julho


CAMPO PEQUENO- Amanhã, 5ª feira, 10, às 22 horas. Corrida mista. 6 toiros de Falé Filipe para Manuel R. Telles Bastos e Manuel Lupi, Forcados do Ribatejo e Coruche, António Ferrera. Às 21.30 horas: Reprise a cavalo da Guarda Nacional Republicana.


ALBUFEIRA - Amanhã, 5ª feira, 10, às 22 horas. Garraiada. 3 novilhos de Fernando Santos para Verónica Cabaço, Cláudia Almeida e Francisco Parreira. Forcados da Tertúlia T. Montijo.


SANTA AMALIA (Badajoz, Espanha) - Amanhã, 5ª feira, 10, às 19.30 (hora espanhola). Festival. 6 toiros de Bernardino Píriz para João Moura Caetano e os espadas Canales Rivera, Júlio Benítez "El Cordobés" e David Bolsico.


ANGRA DO HEROÍSMO (Ilha Terceira) - Amanhã, 6ª feira, 11, às 21.30 horas. Corrida à portuguesa/Concurso Ibérico de Ganadarias. 6 toiros de Partido de Resina, Murteira Grave, Rego Botelho, Casa Agrícola José Albino Fernandes, Varela Crujo e Penãjara para Tiago Pamplona, Rui Lopes e João Pamplona. Forcados da Tertúlia T. Terceirense e Ramo Grande.


ÉVORA- 6ª feira, 11, às 22 horas. Corrida à portuguesa/Homenagem a Mestre João Branco Núncio. 6 toiros de Branco Núncio para João Moura, António Ribeiro Telles, Francisco Núncio, Manuel Lupi, Francisco Núncio (filho) e António Núncio. Forcados de Évora e Moura. Fados por Francisco Sobral e o conjunto de guitarras de João Núncio durante a recolha dos toiros.


PÓVOA DE VARZIM - 6ª feira, 11, às 22 horas. Corrida à portuguesa. 7 toiros de Prudêncio para Rui Salvador, Luis Rouxinol, Sónia Matias e Mara Pimenta. Forcados do Ribatejo e Alcochete.


VILA NOVA DE MILFONTES - Sábado, 12, às 22 horas. Corrida à portuguesa. 6 toiros de Brito Paes para Luis Rouxinol, Sónia Matias e António M. Brito Paes. Forcados de S. Manços, Cascais e Beja.


TENDAIS (Cinfães) - Domingo, 13, às 17 horas. Corrida à portuguesa. 6 toiros de Ascensão Vaz para Luis Rouxinol, Sónia Matias e Marcelo Mendes. Forcados do Ribatejo e Coimbra.


ALBUFEIRA - 4ª feira, 16, às 22 horas. Novilhada Popular. 3 novilhos de Jorge Mendes para Verónica Cabaço e Cláudia Almeida, Forcados de Beja e Rafael Serna.


CAMPO PEQUENO- 5ª feira, 17, às 22 horas. Corrida "Correio da Manhã"/Alternativa de Miguel Moura. 6 toiros de Maria Guiomar Cortes de Moura para João Moura, Joaquim Bastinhas, Marcos Bastinhas e Miguel Moura, que toma a alternativa. Forcados de Portalegre, Monforte e Académicos de Elvas.


LOS HINOJOSOS (Espanha) - 6ª feira, 18, às 18.30 (hora espanhola). Novilhada com picadores. 4 novilhos de Torregrande para Joaquim Ribeiro "Cuqui" e António Linares, mano-a-mano.


TAVIRA - 6ª feira, 18, às 22 horas. Corrida à portuguesa. 7 toiros de António Lampreia Herds. para Joaquim Bastinhas, Sónia Matias, Mateus Prieto e Mara Pimenta. Forcados a designar,


VILA NOVA DA BARQUINHA- Sábado, 19, às 22 horas. Corrida à portuguesa. 6 toiros de Rio Frio para João Moura, Rui Salvador e Paulo Jorge Santos. Forcados de Tomar, Cascais e Alter do Chão.


CALDAS DA RAINHA - Sábado, 19, às 22 horas. Corrida à portuguesa. 6 toiros de Pinto Barreiros (3) e São Torcato (3) para Ana Batista, Lea Vicens e João Salgueiro da Costa. Forcados de Vila Franca e Caldas da Rainha.


MEJANES (França) - Sábado, 19. Corrida de rejoneio/Troféu "Rojão de Ouro". 6 toiros de Sampedro para Pablo Hermoso de Mendoza, Rui Fernandes e Gines Cartagena (filho), que toma a alternativa.


MOURA - Domingo, 20, às 22.30 horas. Corrida à portuguesa. 6 toiros de Murteira Grave para António Ribeiro Telles, Vitor Ribeiro e Miguel Moura. Forcados de Évora e Moura.


CAMPO PEQUENO- 5ª feira, 24, às 22 horas. Corrida à portuguesa. 6 toiros de Herds. Cunhal Patrício para Luis Rouxinol, Diego Ventura e Filipe Gonçalves. Forcados de Santarém e Vila Franca.


PÓVOA DE VARZIM- 6ª feira, 25, às 22 horas. Corrida RTP/Norte. 6 toiros de Manuel Coimbra para António Ribeiro Telles, Filipe Gonçalves, Marcos Bastinhas, Manuel Lupi, Duarte Pinto e Ana Rita. Forcados de Coruche e Aposento da Moita.


ENTRADAS (Castro Verde) - 6ª feira, 25, às 22 horas. Corrida à portuguesa. 6 toiros de Pinto Barreiros (3) e São Torcato (3) para Rui Salvador, Luis Rouxinol e António M. Brito Paes. Forcados de S. Manços, Cascais e Beja (concurso de pegas).


RIACHOS (Golegã) - Sábado, 26, às 17.30 horas. Corrida mista. 6 toiros de Herds. Paulino da Cunha e Silva e Manuel Veiga (2 de cada ganadaria para a lide a cavalo) e Paulo Caetano (2 para lide a pé) para António Ribeiro Telles e Duarte Pinto, Forcados de Riachos e Paco Velásquez (apresentação em Portugal como matador de toiros).


FOZ DO SIZANDRO - Sábado, 26, às 22 horas. Corrida à portuguesa. 6 toiros de António Silva Herds. para Luis Rouxinol, Vitor Ribeiro e David Gomes. Forcados de Coruche e ABV de Alcochete.


SETÚBAL- Sábado, 26, às 22 horas. Corrida mista/Feira de Santiago. 6 toiros de Branco Núncio (4 para a lide a cavalo) e Paulo Caetano (2 para lide a pé) para João Moura e Rui Fernandes, Forcados do Montijo e Alcochete e Pedrito de Portugal.


ALGEMESI (Espanha) - 2ª feira, 28. Corrida de rejoneio/Feira. 4 toiros de Amparo Valdemoro para Sérgio Vegas e Ana Rita, mano-a-mano.


Agosto


REDONDO - 6ª feira, 1, às 22 horas. Corrida à portuguesa. 6 toiros de Varela Crujo Herds. para Rui Salvador, Luis Rouxinol e Vitor Ribeiro. Forcados de Santarém e Redondo.


ABIUL - Sábado, 2, às 18 horas. Corrida à portuguesa/Feira. 6 toiros de Pinto Barreiros para Filipe Gonçalves, Marcos Bastinhas e David Gomes. Forcados das Caldas da Rainha e Coimbra.


NISA - Sábado, 2, às 22 horas. Corrida à portuguesa. 6 toiros a designar para João Moura, Miguel Moura e Filipe Ferreira. Forcados de Alter.


TERRUGEM (Elvas) - Sábado, 2, às 22 horas. Corrida mista. 7 toiros de São Torcato (6 para a lide a cavalo) e Torre de Onofre (1 para a lide a pé) para Marco José, Gilberto Filipe e Marcelo Mendes, Forcados de S. Manços, Arronches e Académicos de Elvas (concurso de pegas) e João Augusto Moura.


PRAIA DE MIRA (Aveiro) - Domingo, 3, às 17.30 horas. Corrida mista. 6 toiros de Higino Soveral (2 para lide a cavalo e 4 para lide a pé) para Pedro Salvador e Tiago Carreiras, Forcados do Ribatejo, Joaquim Ribeiro "Cuqui" e Jorge Exposito.


FIGUEIRA DA FOZ- Domingo, 3, às 17.30 horas. Corrida à portuguesa/Corrida "Correio da Manhã"/Centro. 6 toiros de Francisco Romão Tenório para António Ribeiro Telles, João Moura Jr. e João Maria Branco. Forcados de Santarém e Lisboa.


ABIUL - Domingo, 3, às 18 horas. Corrida mista/Feira. 6 toiros de Falé Filipe para Luis Rouxinol e Gilberto Filipe, Forcados da Chamusca e António Ferrera.


ISCAR (Espanha) -2ª feira, 4, às 19 (hora espanhola). Corrida de rejoneio/Feira. 6 toiros de El Canario para Miguel Moura, Ginés Cartagena e Manuel Moreno.


ANGRA DO HEROÍSMO (Ilha Terceira) - 2ª feira, 4, às 21 horas. Corrida TV/Açores. 6 toiros de Pinto Barreiros (2), Rego Botelho (2) e João Gaspar 2) para Luis Rouxinol, Manuel R. Telles Bastos e João Pamplona. Forcados da Tertúlia T. Terceirense e Ramo Grande.


CAMPO PEQUENO - 5ª feira, 7, às 22 horas. Corrida à portuguesa. 6 toiros de Canas Vigouroux para 6 cavaleiros a designar. Forcados de Lisboa.


VITÓRIA (Espanha) - 6ª feira, 8. Corrida de rejoneio. 6 toiros de Castillblanco para Pablo Hermoso de Mendoza, João Moura Jr. e Sérgio Galán.


PONTEVEDRA (Espanha) - Sábado, 9. Corrida de rejoneio. 6 toiros de San Mateo para Andy Cartagena, Diego Ventura e João Moura Jr.


ALCOCHETE - Domingo, 10, às 17.30 horas. Corrida à portuguesa/Concurso de Ganadarias/Feira Taurina do Barrete Verde e das Salinas. 6 toiros de Branco Núncio, José S. Lupi, Rio Frio, Murteira Grave, Passanha e José Pereira Palha para António Ribeiro Telles, Luis Rouxinol, Vitor Ribeiro e Mara Pimenta (na lide de um novilho-toiro). Forcados de Alcochete.


ALCOCHETE - 3ª feira, 12, às 22 horas. Corrida à portuguesa/Feira Taurina do Barrete Verde e das Salinas. 6 toiros de José Samuel Lupi para Rui Fernandes, Jacobo Botero e outro. Forcados do ABV de Alcochete (despedida do cabo João Salvação).


ALCOCHETE - 5ª feira, 14, às 22 horas. Corrida à portuguesa/Feira Taurina do Barrete Verde e das Salinas. 6 toiros de Ernesto de Castro. Cartel a designar.


ABIUL - 5ª feira, 14, às 22 horas. Corrida à portuguesa/Feira. 6 toiros de António Silva Herds. para Rui Fernandes, Vitor Ribeiro e João R. Telles. Forcados de Montemor e Vila Franca.


EL BURGO DE OSMO (Soria, Espanha) - 6ª feira, 15. Corrida de rejoneio. 6 toiros de Urcola para Rui Fernandes, Ginés Cartagena e Manuel Moreno.


FIGUEIRA DA FOZ- 6ª feira, 15, às 22 horas. Corrida RTP/Centro. 6 toiros a designar para Sónia Matias, António M. Brito Paes, Manuel R. Telles Bastos, Tomás Pinto e mais dois. Forcados a designar.


MESSEJANA - 6ª feira, 15, às 22 horas. Corrida à portuguesa. 6 toiros de António Charrua Herds. para Luis Rouxinol, Ana Batista e João Salgueiro da Costa. Forcados de Coruche e Cascais.


ARRUDA DOS VINHOS - Sábado, 16, às 22 horas. Corrida mista/Feira. 7 toiros de Engº Jorge de Carvalho para Filipe Gonçalves e Manuel Lupi, Forcados de Vila Franca, Paco Velásquez e Manuel Dias Gomes.


CORUCHE- Domingo, 17, às 18 horas. Corrida à portuguesa. 6 toiros de Pinto Barreiros para António Ribeiro Telles, Manuel R. Telles Bastos e João R. Telles Jr. Forcados de Coruche.


ARRUDA DOS VINHOS - Domingo, 17, às 22 horas. Corrida à portuguesa/Concurso de ganadarias. 6 toiros de distintas ganadarias para Luis Rouxinol, João R. Telles e Duarte Pinto. Forcados do Ribatejo, Azambuja e Arruda dos Vinhos.


MONFORTE - Domingo, 17. Corrida à portuguesa. 6 toiros de Torre de Onofre para João Moura, João Moura Caetano e Marcos Bastinhas. Forcados de Monforte e outro grupo.


TAFALLA (Navarra, Espanha) - 2ª feira, 18, às 18 (hora espanhola). Corrida de rejoneio comemorativa dos 25 anos de alternativa de Pablo Hermoso de Mendoza. 6 toiros de Rosa Rodrigues para João Moura, Fermín Bohórquez, Pablo H. Mendoza, Manuel Manzanares, Miguel Moura e Ginés Cartagena.


Fotos D.R. e M. Alvarenga



Ontem, 4ª feira: 7.742 leram o "Farpas"

0
0

Visualizações de páginas de hoje
1 194
Visualizações de página de ontem
7 742
Visualizações de páginas no último mês
283 648
Histórico total de visualizações de páginas
8 784 454

Início às 21h30: Reprise a Cavalo da GNR abre hoje o espectáculo no Campo Pequeno

0
0
O espectáculo de hoje no Campo Pequeno inicia-se às 21h30 (e não às 22) com
a exibição da Reprise a Cavalo da GNR
António Ferrera hoje em Lisboa: um espectáculo na arte das bandarilhas!
Manuel Ribeiro Telles Bastos e Manuel Lupi (foto de baixo) fazem esta noite no
Campo Pequeno as honras do nosso toureio a cavalo


O espectáculo desta noite no Campo Pequeno inicia-se às 21h30, meia-hora antes do habitual, exibindo-se a Reprise a Cavalo da Guarda Nacional Republicana a anteceder a corrida de toiros mista.

A Repriseé constituída por oficiais, sargentos e guardas, todos da Unidade de Segurança e Honras de Estado, formados nesta Unidade e no Centro Militar de Educação Física e Desportos (Mafra), que montam exclusivamente cavalos de fileira.

A existência da Reprise a Cavalo resulta da necessidade de consolidar toda a doutrina equestre da Guarda Nacional Republicana, transmitida ao longo de várias gerações de militares (monitores, instrutores e mestres de equitação) que serviram e servem a instituição.

A Repriseé um ícone de representação, não só da Unidade de Segurança e Honras de Estado (USHE), mas também da GNR, apresentando-se em todas as suas actuações como o expoente máximo da doutrina equestre, na modalidade Olímpica de Ensino.

Quanto à corrida de toiros, terá a presença dos cavaleiros Manuel Ribeiro Telles Bastos e Manuel Lupi e dos forcados de Coruche e do Ribatejo, às quais se junta o matador de toiros espanhol António Ferrera, triunfador em todas as praças de Espanha, um toureiro vem conhecido do público português e que é, sobretudo, rei na arte das bandarilhas.

A empresa abre assim as portas a dois jovens cavaleiros que esta temporada tem vindo a notabilizar-se, proporcionando-lhes a competição directa na primeira praça do país.

Também a nível de forcados, o Campo Pequeno vai ser palco para a competição entre os prestigiados grupos de forcados amadores do Ribatejo e de Coruche, capitaneados respectivamente por João Machacaz e Amorim Ribeiro Lopes, que há muito não se realizava na principal praça do país.

Lida-se um curro da ganadaria Falé Filipe, (encaste Simão Malta e Parladé-Domecq).


Fotos D.R., M. Alvarenga e Emílio de Jesus

8 de Agosto: Rui Salvador com 6 Graves em Tomar

0
0


Para assinalar os seus 30 anos de alternativa, o cavaleiro Rui Savador (foto de cima) - o dos"ferros impossíveis"! - vai encerrar-se com seis toiros da ganadaria Murteira Grave na noite de 8 de Agosto na praça da sua terra, Tomar, recinto que tem o nome do seu saudoso Pai, José Salvador.
Um gesto de um grande toureiro frente a toiros de uma das mais sérias e exigentes ganadarias nacionais.
Pegarão os Forcados Amadores de Tomar e actuará também Bernardo Salvador, filho de Rui, cavaleiro amador. O toureiro sobressalente será o praticante David Gomes (foto ao lado).

Fotos M. Alvarenga e Henrique de Carvalho Dias

Ana Rita no domingo em Moraleja (Cáceres)

0
0


A cavaleira Ana Rita actuará este domingo, dia 13, na novilhada mista da Feira de Moraleja (Cáceres), em Espanha, formando cartel com os novilheiros Lama de Gongora e Abel Robles. Lidam-se toiros das ganadarias de Carmen Valente e Dehesa de Portezuelo.

Foto D.R.

Escritor americano colhido nos encierros em Pamplona

0
0
O escritor norteamericano (à direita, de barba) momentos antes da colhida.
Curiosamente, Bill Hillman publicou recentemente o livro "Como sobreviver aos
toiros em Pamplona"
Bill Hillman, a quem chamam o Hemingway dos tempos modernos, dada, também,
a sua paixão pelos encierros de Pamplona, no momento em que era socorrido
pela Cruz Vermelha
Momento da cornada do escritor americano, ontem em Pamplona
Mikel Ciaurriz, autor das fotografias da colhida de Bill Hillman, visitou hoje o amigo
no Hospital de Navarra

O escritor norteamericano Bill Hillman, de 32 anos, um apaixonado dos encierros em Pamplona, foi ontem ferido quando participava no terceiro das festas de San Fermín. Sofreu duas cornadas no músculo da perna direita e o seu prognóstico é "menos grave".  Os toiros do encierro de ontem pertenciam à ganadaria se Victoriano del Rio. Natural de Chicago, há vários anos de Bill Hillman participa na loucura dos encierros de Pamplona. Recentemente, publicou juntamente com John Hemingway, Joe Distler e Alexander Fiske-Harrison o livro "Como sobreviver aos toiros em Pamplona". E, pelos vistos, fez ontem jus à obra: o escritor foi operado no Hospital de Navarra e encontra-se estável e livre de perigo, acompanhado pela sua noiva.

Fotos D.R./www.sanfermin.com e Mikel Ciaurriz

David Gomes reforça quadra com cavalo de José Palha

0
0


O valoroso cavaleiro praticante David Gomes reforçou a sua quadra adquirindo um cavalo de cinco anos a José Palha, da sua coudelaria, no qual deposita "muita esperança". O cavaleiro lidou ontem uma vaca na Herdade de Pancas, de Diego Ventura, com a nova montada e o treino foi presenciado por José Palha, que ficou "encantado" com as potencialidades do cavalo.
David Gomes participa no próximo dia 20 em Manzanares, Espanha (cartaz ao lado) na grande final do certame "Soy Rejoneador", que será transmitida em directo pelo canal Castilla-La Mancha, formando cartel com a francesa Lea Vicens (que na véspera, dia 19, se estreia em Portugal, actuando nas Caldas da Rainha) e o espanhol Juan Manuel Munera. O jovem cavaleiro da Malveira tem já 15 corridas agendadas em Espanha, onde é apoderado por Paco Cáceres.
Entre nós, toureia no próximo dia 26 na Foz do Sizandro e em Agosto na Feira de Abiul.

Foto Emílio de Jesus/fotojornalistaemilio@gmail.com

João Moura em forma reaparece amanhã em Évora

0
0


"Sinto-me bem, estou recuperado e era importante voltar a tourear. Foram quase dois meses parados, mas graças a Deus encontro-me bem, sinto-me em forma e amanhã estarei em Évora. Não podia faltar a uma corrida em que homenageia a memória de um Toureiro como Mestre João Núncio, com quem tive ainda a honra e o orgulho de tourear nos meus começos. Vai ser uma corrida boa e de grande emoção, com um grande cartel e a presença do neto e dos dois bisnetos do Mestre" - palavras do Maestro João Moura, a 24 horas do seu regresso às arenas, amanhã à noite em Évora, depois do traumatismo crânio-encefálico motivado por queda de cavalo em 22 de Maio na sua quinta em Monforte e que o fez perder várias corridas.
"Agora, sim, sinto-me finalmente em condições. Lamentavelmente, tive que faltar a algumas corridas porque não estava a cem por cento e só queria reaparecer quando o estivesse", acrescenta.
Frente a toiros da ganadaria Branco Núncio, João Mouraé amanhã à noite o cabeça de cartaz da grande corrida que se vai realizar na praça de Évora e onde alternará com António Ribeiro Telles, Francisco Núncio, Manuel Lupi e os jovens Francisco Núncio (filho) e António Núncio, filhos de Francisco Núncio. As pegas estarão a cargo dos forcados de Évora e Moura. Haverá fados no momento da recolha dos toiros, com Francisco Sobral e o conjunto de guitarras de João Núncio (também neto do Califa de Alcácer).
"Vai ser uma noite grande de toiros, sinto-me preparado e emocionado por regressar às arenas", preconiza João Moura que, dias depois, no próximo dia 17, terá outro importante e emotivo desafio pela frente: no Campo Pequeno, na Corrida "Correio da Manhã", vai dar a alternativa ao seu filho Miguel, o segundo a tornar-se cavaleiro profissional. Nessa noite, os alternantes vão ser Joaquim Bastinhas e seu filho Marcos Bastinhas, frente a toiros de Passanha.
"Será outro momento marcante na minha carreira, dar a alternativa ao meu filho Miguel, depois de já a ter dado ao João. É outra noite que promete", afirma João Moura, que aproveita para agradecer "a todos os que nestes quase dois meses me apoiaram e se preocuparam com o meu estado de saúde. Felizmente, o pior está passado. Amanhã, marcamos encontro na praça de Évora!".

Foto Emílio de Jesus/fotojornalistaemilio@gmail.com


António Ferrera hoje no C. Pequeno: veja-o ao menos uma vez na vida!

Browsing All 34186 Browse Latest View Live